Pinacoteca de São Paulo apoia ação social da dupla de artistas OSGEMEOS

Com o intuito de apoiar a população em situação de vulnerabilidade nessa época de pandemia do Covid-19, mais de 20.000 máscaras de proteção individual foram distribuídas gratuitamente para ONGs parceiras da Pinacoteca na região da Luz e Bom Retiro e para comunidades da periferia da cidade

A Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo se junta a dupla OSGEMEOS em uma importante ação solidária desenvolvida pelos artistas, a doação de 100 mil máscaras contra o COVID-19. O projeto atinge outras regiões do Brasil, como comunidades indígenas no Amazonas e as comunidades atendidas pela CUFA, Central Única das Favelas, no Ceará, um dos Estados que mais está sofrendo com a pandemia. Em São Paulo, a Pinacoteca de São Paulo se encarregou em articular seus parceiros para a distribuição de mais de 20.000 máscaras para ONGs e instituições parceiras do Museu. O lote de 20 mil máscaras foi dividido entre 3 hubs de distribuição: a Casa do Povo, o Instituto YBI de Fomento Sociocultural e a própria Pinacoteca.

As máscaras, em tecido e reutilizáveis, exibem uma estampa criada pela dupla de artistas especialmente para esta ação e foram distribuídas gratuitamente entre os dias 20 e 30 de julho. As peças não foram vendidas e nem comercializadas no mercado de arte. A confecção e a estamparia foi uma doação do Grupo têxtil Rosset.

Várias das ONGs selecionadas são parceiras da Pinacoteca de São Paulo desde o inicio dos anos 2000. São espaços que atendem grupo de pessoas em situação de vulnerabilidade social e idosos na região em que o museu está localizado, entre os bairros da Luz e Bom Retiro, no centro da cidade. Mensalmente grupos de pessoas atendidas por essas instituições participam de atividades culturais e socioeducativas promovidas pelo Núcleo de Ação Educativa da Pinacoteca, por meio dos programas de Inclusão Sociocultural e a iniciativa Meu Museu.

“Estamos muito tocados com esta situação de calamidade pública nunca vista antes no mundo. Somos artistas que viemos do Cambuci e estamos sempre em contato com amigos do Centro e da periferia de São Paulo. Não podemos ficar indiferentes. Assim, pensamos em como contribuir, usando nossa arte, contatos e rede de parceiros. A Pinacoteca abraçou o nosso desejo e juntos com a Rosset conseguimos criar esse projeto de apoio, para essas pessoas”, afirmam os irmãos Gustavo e Otavio Pandolfo.

As demais máscaras que compreendem o lote total de 100 mil serão distribuídas para a rede dos próprios artistas.

A ação acontece na expectativa da abertura da exposição OSGEMEOS: Segredos na Pinacoteca de São Paulo. A mostra é a primeira panorâmica do trabalho da dupla de artistas a ser exibida no Brasil. Com 90% da exposição pronta, o museu aguarda as orientações e recomendações dos órgãos estatais para fixar data de abertura com todas as medidas de segurança e higiene para os funcionários e visitantes.

“A expectativa para a abertura desta exposição é imensa… Estávamos às vésperas de abri-la para o público quando suspendemos temporariamente nossas atividades presenciais. Sem dúvida, quando voltarmos, esta exposição será o grande marco da retomada das atividades culturais na cidade de São Paulo”, diz Jochen Volz, diretor-geral da Pinacoteca.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *