Morre o astrofísico Stephen Hawking- “um gigante entre os homens”

Stephen Hawking NASA 50-thStephen Hawking, professor de matemática na Universidade de Cambridge.Crédito da foto: (NASA / Paul E. Alers)

Um dos físicos mais consagrados da atualidade, Stephen Hawking morreu nessa quarta-feira, 14 de março

famoso físico Stephen Hawking morreu aos 76 anos de idade, e de acordo com nota divulgada pela família, sua morte ocorreu em sua casa em Cambridge, na Inglaterra, nas primeiras horas dessa quarta-feira, 14 de março de 2018.

O renomado físico britânico Stephen Hawking ficou conhecido por seus trabalhos com buracos negros e relatividade. Escreveu vários livros científicos que se tornaram populares mesmo em meio ao público leigo, incluindo A Breve História do Tempo.

Nasa descreve Stephen Hawking como “um gigante entre os homens”

Stephen Hawking experimentando a ausência de gravidade durante uma queda controlada de um abião a jato da NASA (1)

Mas sua morte não deve ser lamentada. Pelo contrário: sua vida deve ser celebrada. Aos 22 anos de idade, Stephen Hawking foi diagnosticado com uma rara doença degenerativa, a esclerose lateral amiotrófica, e seu tempo de vida foi estimado em apenas alguns anos. Isso fez com que o físico se tornasse incapaz de se locomover e até mesmo de falar, o que não o deteve.

Em cadeira de rodas, ele passou por vários países divulgando ciência e trabalhos científicos. Até realizou um de seus maiores sonhos, e experimentou a ausência de gravidade durante uma queda controlada, em um avião a jato da NASA

Com a ajuda de um sintetizador de voz, o professor Hawking dava palestras e se comunicava com o público. Nada o impedia de ir em busca de seus sonhos e da resposta para uma das maiores dúvidas da humanidade: “Por que o Universo funciona dessa maneira?”

Causa da morte de Stephen Hawking

De acordo com relatos divulgados por jornalistas estrangeiros, Stephen Hawking morreu devido a complicações da esclerose lateral amiotrófica.

Em uma declaração, seus filhos, Lucy, Robert e Tim, disseram: “Estamos profundamente entristecidos pelo fato de nosso amado pai ter morrido hoje. Ele foi um grande cientista e um homem extraordinário cujo trabalho e legado viverão por muitos anos”.

Eles elogiaram sua “coragem e persistência” e disseram que seu “brilho e humor” inspirou pessoas em todo o mundo. “Ele disse uma vez: -Esse não seria muito um Universo se não fosse o lar das pessoas que você ama-. Nós vamos sentir falta dele para sempre”.

Stephen Hawking em seu escritório na Universidade de Cambridge, na Inglaterra
Stephen Hawking em seu escritório na Universidade de Cambridge, na Inglaterra.
Créditos: Sarah Lee / Science Museum
O professor Stephen Hawking foi o primeiro a estabelecer uma teoria de cosmologia como uma união da relatividade e da mecânica quântica. Ele também descobriu que os buracos negros emitem energia e desaparecem do nada – um fenômeno que mais tarde ficou conhecido como Radiação Hawking.

Através de seu trabalho com o matemático Sir Roger Penrose, ele demonstrou que a Teoria Geral da Relatividade de Einstein implica que o espaço e o tempo teriam um começo no Big Bang e um fim nos buracos negros.

  • Os humanos vão ouvir os alienígenas ainda nesse século, diz Michio Kaku
  • O cientista ganhou popularidade fora do mundo acadêmico e apareceu em vários programas de TV, desde documentários até séries como A Teoria do Big Bang e Os Simpsons.

    Stephen Hawking NASA 50th

    A vida de Stephen Hawking foi muito bem retratado tanto na TV quanto no filme A Teoria de Tudo, lançado em 2014 e vencedor de Oscar. O filme conta o início de sua carreira, sua vida amorosa com sua primeira esposa Jane e sua ascensão à fama.
    Pouco antes de falecer, Hawking disse o que teria acontecido antes do Big Bang, em uma de suas últimas revelações.

    na Universidade George Washington, nos EUA.
    Créditos: NASA / Paul Alers / divulgação

    O físico e inventor da web Tim Berners-Lee, foi uma das primeiras pessoas a prestar homenagem ao Prof Hawking. “Perdemos uma mente colossal e um espírito maravilhoso. Descanse em paz, Stephen Hawking”.

    Apesar dos obstáculos encontrados em sua vida pessoal, Stephen Hawking não apenas se tornou um dos maiores nomes da física atual, como também ajudou na compreensão de muitos temas relacionados ao espaço. Ele nos ajudou a entender o Universo, e também deu uma grande lição de como devemos nos posicionar diante de dificuldades da vida diária.

    Como ele mesmo dizia, “Não importa o quanto a vida possa ser ruim, sempre existe algo que você pode fazer, e triunfar.” Sim, ele realmente triunfou.

  • Fonte: Uol, Galeria do meteorito e Fotos Públicas
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *