Vai-Vai é uma das favoritas no carnaval de São Paulo homenageando a França

vai-alexandra-loras-2-jpg

Alexandra Loras (Foto: Ramón Vasconcelos)

A belíssima consulesa da França em São Paulo, a jornalista e palestrante Alexanda Loras que brilhou com sua elegância e carisma,como destaque na Vai-Vai, escola que teve um desfile impecável e sem erros.Em seu carro alegórico, os principais atrativos foram uma réplica da Torre Eiffel de 16 metros de altura e uma pirâmide de LED de 10 metros de altura, com reproduções luminosas de obras expostas no Museu do Louvre, entre elas a tela Mona Lisa, de Leonardo da Vinci.

O abre-alas, junção de três carros acoplados, representando a Paris Cidade Luz, com menções a seus principais monumentos, como o Museu do Louvre, a Torre Eiffel e a Catedral de Notre Dame e como destaque a bela consulesa Alexandra Loras

Damian e Alexandra Loras vão desfilar na Vai-Vai
O Consul Damian  Loras, que participou da elaboração do desfile da escola ao longo do ano juntamente com sua esposa, inclusive com organização de visitas de integrantes da Vai-Vai à França, afirmou que a participação no desfile pode aproximar os dois países e quebrar clichês ligados à imagem da França. “O desfile é um cartão postal da França. Esperamos com isso levar mais brasileiros a viajar para a França. O desfile também pode mostrar que há muitos pontos em comum entre França e Brasil. Temos índios, a França é também um país de miscigenação, mistura, não somos só ‘branquinhos’ nem só o clichê da moda, do luxo, temos também uma França moderna, inovadora.”
Já a consulesa Alexandra também se emociona ao dizer que o carnaval brasileiro é uma festa impressionante, impecável em termos de produção, e feita pela população chamada de “carente”. Ela diz que a festa mostra que o Brasil é resiliente, otimista e tem tudo para figurar entre as potências mundiais.

Porta- Bandeira  Paula Penteado e Mestre – Sala Reginaldo Pingo, eles o símbolo que melhor representa o carnaval das Escolas de Samba brasileiras, já que tem a missão de carregar o maior tesouro de cada entidade: seu pavilhão.

Márcia Lage, Presidente da Vai-Vai Darly Silva, o Neguitão e Renato Lage
Com muita elegância, beleza, boa evolução e acompanhada da característica emoção dos componentes, que cantavam o samba com vigor, a Vai-Vai teve como carnavalescos  o casal Renato e Márcia Lage, que já  realizaram  grandes desfiles em escolas do Rio de Janeiro, um dos mais renomados na folia de Momo, aqui em São Paulo prepararam  a Vai- Vai  para mais um Carnaval campeão.

Rainha da Bateria Camila Silva borrifa perfume Laguna- Salvador Dali durante o desfile

A rainha da bateria Camila Silva com fantasia ” mulher de Napoleão” e a bateria com fanatasia “Napoleão” e muito perfume Laguna no ar- Salvador Dali

Perfume no ar

Três carros soltaram perfume na avenida – cada um levava 17 litros. Entre eles estava a alegoria que representou a moda, com muito luxo. Todos os carros tinham algum item tecnológico – telões, esculturas articuladas ou jatos de perfume.

O Presidente Geral da  Charriol Parfums – Salvador Dali, o francês Jean-PierreGrivory, que perfumou o desfile da Vai-Vai, com as jornalistas Vera  Tabach- Presidente Nacional da ABIME e Maria Lúcia Zanelli

Muito perfume  francês em toda avenida no desfile

Thobias da Vai-Vai- Edimar Tobias da Silva, mais conhecido como Thobias da Vai-Vai, é ligado a escola de samba que lhe dá o sobrenome artístico desde 1981 e já foi premiado junto à agremiação 13 das 15 vezes em que foi campeã. Com oito álbuns solo e um DVD já lançados, atualmente Thobias ocupa o cargo de Presidente de Honra da Vai-Vai e vibrou na avenida para que sua Vai- Vai seja mais uma vez campeã

Destaque  bela Cláudia Rossi filha de Thobias da Vai Vai

Ala das baianas da Vai-Vai lembrou os quadros do Louvre, como a Monalisa

 

Desfile vibrante da Velha Guarda da Vai- Vai

 

Em uma das alas, vimos fantasias dos heróis Asterix e Obelix (criados pelos franceses René Goscinny e Albert Uderzo)

Destaque em carro de shows

Ana Hickmann desfilou representando o Museu do Louvre, um dos maiores e famosos museus do mundo

Morena, alta, magra, com um sorriso encantador e aquele samba no pé e estes foram alguns dos atributos que Lucy Ramos que mostrou no desfile da escola de samba Vai-Vai

Este carro representou a tecnologia francesa

A bateria do mestre Tadeu, há mais de 40 anos na Vai-Vai, ousou nas paradinhas. Em uma delas, fez coreografia e cantou o samba e os ritmistas vieram fantasiados de Napolões azuis, brancos e vermelhos – as cores da bandeira da França.

 

Fotos: Elias Jorge Tabach,Rafael Neddermeyer/LIGASP/Fotos Públicas

 

Texto: Jornalista Vera Tabach- Presidente da ABIME

Fotos : Elias  Jorge Tabach

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *