EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA – “ITAPOÃ E SUA GENTE” EM SALVADOR

A localidade de Itapuã, originalmente uma aldeia de pescadores, foi projetada no cenário nacional e internacional pelas composições de Dorival Caymmi que, durante a década de 1930, convivia com o lugar como ‘veranista’.

Convite Exposição_Itapoã_e_Sua_Gente (1)

A beleza de suas praias e de seu ecossistema de areia branca no qual estava inserida a Lagoa do Abaeté, passaram a atrair, assim, não só veranistas de Salvador – que construíam suas casas para  temporadas de verão – como também turistas de várias procedências. A exposição tem como objetivo apresentar à comunidade local, aos soteropolitanos em geral, aos turistas, registros fotográficos de  Itapuã  feitos ao longo de mais de quatro décadas. São fotos que retratam a natureza, alguns traços culturais e pessoas que vivem/viveram na referida localidade.

 A amostra reúne um conjunto de 60 fotografias de Fernando Barros que retratam a natureza de Itapuã, alguns de seus traços culturais e pessoas que vivem/viveram na referida localidade.  Esses registros – alguns em preto e branco. Com texto de apresentação de Caetano Veloso, a exposição terá música ambiental será de canções que falam de Itapuã, sobretudo as de Dorival Caymmi numa justa  homenagem ao centenário de seu nascimento que será celebrado em 2014. O evento contará também com um pocket show com o tradicional grupo do bairro, As Ganhadeiras de Itapuã. Produção de Luzia Moraes, na Casa da Música, a partir das 15h,aberto ao público.

 Local : Casa da Música , Parque Metropolitano do Abaeté, Itapuã

Período:  de 15 fevereiro a 15 de março de 2014

Produção:  Luzia Moraes

Dados sobre o autor

            O autor do evento, Fernando Barros, é graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal da Bahia e doutor em Sociologia pela Universidade de Brasília com estágio na École de Hautes Études en Sciences Sociales na França. Publicou livros e artigos na área de sociologia da ciência e tecnologia. Atuou como analista de ciência e tecnologia do CNPq, entre outras atividades profissionais como sociólogo. Na área cultural, fez parte da equipe de organização de eventos como a ‘Festa de São João’ na cidade de Cachoeira no Recôncavo baiano, da Feira da Bahia em São Paulo e do ‘Balão de Ensaio’ em Brasília. No campo das artes visuais, participou como assistente de direção e fotógrafo de cena de filmes experimentais dirigidos por Waly Salomão, Frederico Abreu e André Luís de Oliveira. Fez profissionalmente cobertura fotográfica de eventos promovidos pela Bahiatursa em São Paulo.

Mais recentemente, realizou exposições fotográficas apoiadas pela Fundação Cultural do Distrito Federal (2007) e pela Fundação Gregório de Mattos (2009).

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *